Arte que educa

Visite nosso site: www.fcvv.org.br




A Fundação Caminho, Verdade e Vida é uma instituição de assistência social, sem fins lucrativos, criada o ano de 1987.

É princípio registrado em seu Estatuto a não movimentação financeira para a consecução dos objetivos institucionais, sendo tão somente permitido o recebimento, em forma de doação, de equipamentos, obras, materiais e de serviços.

Promove ações para o crescimento do ser humano, objetivando a sua formação global investindo, para tanto, em projetos afetos à cultura, educação, saúde pública e assistência social, contando exclusivamente com o trabalho de voluntários.

No campo cultural, produz e apresenta peças teatrais baseadas na obra de Francisco Cândido Xavier, o Médium do Século, por considerar que, embora os distúrbios sociais, as distorções de conduta e a necessidade de adoção de um comportamento mais ético, a humanidade se identifica com movimentos de fé, de fraternidade, de convivência pacífica com as várias raças, crenças e nacionalidades.

São trabalhos relevantes pela profundidade de suas mensagens, pela beleza visual e pela aquisição cultural, enfocando a renovação de valores morais, num clima de emoção e espiritualidade que independe de raça, crença, cor e país.

Abrangendo a todas as faixas etárias, o projeto Arte que Educa da FCVV insere-se no contexto da arte que sensibiliza e conscientiza, educa e esclarece, pois agrega à sociedade o valor da formação moral dignificada pelo exemplo, única metodologia efetiva de educação, que ultrapassa o campo das palavras e adota o princípio da ação.

O nosso objetivo é abrir fronteiras para a divulgação dos valores ético-morais, imprescindíveis à formação do homem.

A FCVV apresenta vários espetáculos, destacando-se “Lírios de Afeição”, “Minha Casa Além da Terra – Nosso Lar”, “Há 2000 anos...” e “Renúncia”, além de encenações de igual valor, tais como a “Abolição da Escravatura no Brasil”, a “Regra Áurea das Religiões”, “Praça de Conselhos”, “Amas-me”, “A Lição Esquecida”, entre outros.

Guardamos a certeza da carência do público por espetáculos singulares e ousados, que o conduza a um campo de conscientização capaz de habilitar um povo a viver ordeiramente e mais feliz.

As apresentações têm sempre entrada franca e envolvem, em média, 110 atores, voluntários da casa, que não recebem remuneração financeira, por adesão aos princípios estatutários que regem a entidade.

Lírios de Afeição





A peça “Lírios de Afeição” apresenta fragmentos de roteiros teatrais baseados em algumas das obras psicografadas por Francisco Cândido Xavier e de montagens cênicas de canções mediúnicas recebidas em nossa casa, que retratam:

* Nascimento, Calvário e outras passagens da vida de Jesus Cristo;
* Reflexões sobre o Natal;
* A História Cristã vivida em Roma, Jerusalém e na Galiléia;
* Referências à vida do senador romano Públio Lentulus, descritas no livro “Há 2000 anos...”;
* Referências à vida de Paulo de Tarso, o Apóstolo dos Gentios, relatadas em “Paulo e Estevão”;
* Referências à vida de Alcione, uma personagem belíssima que testemunhou o Evangelho na Espanha do século XVII, retratada na obra “Renúncia”;
* O amor de Lívia e Emmanuel em “Há 2000 anos...” e nos dias atuais;
* A abolição da Escravatura no Brasil;
* Coroação de Maria;
* Homenagem a Emmanuel;
* O amor aos animais;
* Homenagens a Allan Kardec, que acendeu luzes na estrada do Evangelho e a Chico Xavier, o médium do século;
* Danças: espanholas, valsa, bolero, samba, twist e outros.

Duração: aproximadamente 1h45m, sendo passível de alteração, com inclusão ou retirada de cenas do espetáculo.


Apresentações

A peça teatral “Lírios de Afeição” já foi apresentada nos seguintes locais, entre outros:
* Teatro Nansen Araújo – Sesiminas, Teatro Francisco Nunes, Teatro do Colégio Santa Dorotéia, Teatro Marília, Teatro do Colégio Santo Agostinho, Auditório da CEMIG, Teatro do Colégio Imaculada, em Belo Horizonte (MG);
* Centro Cultural e Teatro Municipal de Contagem (MG);
* Centro Cultural José Costa Sepúlveda, em Sabará (MG);
* Cine Teatro Vera Cruz em Uberaba (MG);
* Teatro Sílvio de Matos em Itaúna (MG);
* Anfiteatro do Clube Rodoviário em Betim (MG);
* Centro Comunitário, em Mateus Leme (MG);
* Teatro Municipal de Divinópolis (MG);
* Teatro da Universidade Federal de Sete Lagoas (MG);
* Anfiteatro do Sesc em Araxá (MG);
* Teatro Municipal de Nova Lima (MG);
* Teatro Municipal de Sabará (MG);
* outras cidades: Juiz de Fora, Diamantina e Conselheiro Lafaiete, em Minas Gerais, Goiânia, no Estado de Goiás, Valença, Estado do Rio de Janeiro, Guarapari e Marataízes, no Espírito Santo.


Fotos do Espetáculo

















Minha Casa Além da Terra - Nosso Lar






Peça teatral baseada no livro "Nosso Lar", de André Luiz, psicografado por Francisco Cândido Xavier, revela a história de uma colônia espiritual povoada de requinte e gentileza, cuja sublimidade provém exclusivamente do compromisso de todos em manter o pensamento elevado e sentimentos sempre bons.

Nosso Lar é uma cidade espiritual vizinha da Terra. Lugar confortador onde podemos reencontrar amores eternos, pais, filhos, irmãos parentes e amigos que se foram antes de nós. É uma das muitas moradas da Casa de Nosso Pai.

Este é um trabalho relevante pela profundidade de sua mensagem, pela beleza visual e acima de tudo, por tornar concreto, aos olhos de todos, o fato de que aquilo que se encontra depois do desencarne, é exatamente o que se plantou durante a vida na Terra.

A peça está em cartaz desde 15/08/2001 e tem duração de 1h40min, sem intervalo.


Apresentações

Entre as apresentações, destacamos os seguintes locais, sempre com lotação esgotada:

* Teatro Nansen Araújo (Sesiminas), Teatro Francisco Nunes, Teatro Marília, Teatro Santa Dorotéia, Auditório da CEMIG, Teatro do Colégio Imaculada, em Belo Horizonte (MG);
* Cine Teatro Vera Cruz em Uberaba (MG);
* Teatro Municipal de Sabará (MG);
* Teatro Sílvio de Matos em Itaúna (MG);
* Anfiteatro do Clube Rodoviário em Betim (MG);
* Centro Comunitário, em Mateus Leme (MG);
* Teatro Municipal de Divinópolis (MG);
* Sete Lagoas (MG);
* Anfiteatro do Sesc em Araxá (MG);
* Teatro Municipal de Nova Lima (MG);
* Centro Cultural de Contagem (MG);
* Juiz de Fora (MG);
* Diamantina (MG);
* Goiânia (MG);
* Valença (RJ);
* Sobradinho (DF);
* Brasília (DF).


Direitos autorais
A Federação Espírita Brasileira, detentora dos direitos autorais, licenciou para a Fundação Caminho, Verdade e Vida, e para a diretora do espetáculo, Berenice Neide Brandão Andrade, a reprodução, utilização e adaptação, para teatro, da referida obra.


Fotos do Espetáculo

















Há 2000 anos...





Peça teatral baseada no romance "Há 2000 Anos...", de Emmanuel, psicografado por Francisco Cândido Xavier, que tem por objetivo promover a conscientização de que a nobreza de caráter e a honradez humana, aliadas a uma fé operante, promovem o clima necessário à evolução de um povo.

Com duração de 2h30min, sem intervalo, a peça apresenta rico cenário cujas modificações, marcantes, são efetuadas pelos próprios atores.

A peça está em cartaz desde 17/04/2003, e já foi apresentada nos seguintes locais, sempre com lotação esgotada:
* Teatro Teatro Nacional, Brasília (DF);
* Teatro Sesiminas, Auditório Topázio do Minascentro, Teatro Francisco Nunes, Teatro Santa Dorotéia e Teatro do Colégio Imaculada, em Belo Horizonte (MG);
* Cine Teatro Vera Cruz em Uberaba (MG);
* Teatro Municipal de Sabará (MG);
* Teatro Sílvio de Matos em Itaúna (MG);
* Anfiteatro do Clube Rodoviário em Betim (MG);
* Anfiteatro da Faculdade de Direito de Sete Lagoas (MG);
* Anfiteatro do Sesc em Araxá (MG);
* Teatro Municipal de Nova Lima (MG);
* Teatro Municipal de Contagem (MG);
* Exibição ao ar livre em Lavras Novas (MG);
* Valença (RJ);
* Pedro Leopoldo (MG);
* Teatro Municipal Leão de Formosa - Patos de Minas (MG);
* Teatro Quitandinha em Petrópolis (RJ);
* Teatro Odylo Costa, filho - UERJ - Rio de Janeiro (RJ).

A peça foi levada a Roma, Itália, no Teatro Sala Umberto, no dia 31/07/2010, às 20 horas, em idioma local. A apresentação de "Duemila anni fa" na Cidade Eterna foi viabilizada pela Lei de Incentivo à Cultura do Governo Brasileiro (Lei Rouanet).

Patrocinadores: Pessoas físicas e as empresas CEMIG, Yangzi do Brasil, Bio Extratus, SIDERPA, Distribuidora Cristiano, O Rei da Confiança, Chaperfil, Terramil, OTUR, Studio Sonarte e 1001 Festas.

Visite o blog do Projeto Brasil Itália em http://duemilaannifa.blogspot.com/ .

Direitos autorais
A Federação Espírita Brasileira, detentora dos direitos autorais, licenciou para a Fundação Caminho, Verdade e Vida, e para a diretora do espetáculo, Berenice Neide Brandão Andrade, a reprodução, utilização e adaptação, para teatro, da referida obra.


Fotos do Espetáculo















Renúncia



Paris, 1662. Inicia-se a trajetória dos personagens que compõem o romance “Renúncia”, uma história real do Século de Luís XIV, passada em França, Espanha, Irlanda e América.

Velhas recordações, diz o renomado autor. “Crê, no entanto, que, por velhas, não são menos preciosas. São heranças sagradas... jóias de subido valor... Se muita gente presume haver alcançado os êxitos retumbantes e a felicidade ilusória no campo vasto do mundo, em verdade ainda não aprendeu nem mesmo a estabelecer a vitória da paz, na experiência sagrada que se verifica entre as paredes de um lar”.

Era uma época em que os hábitos palacianos ditavam os costumes e a subjugação religiosa comandava destinos.

A Inquisição, a peste, o descobrimento de novas terras, as fragilidades de corações que se rebelam às leis da Vida e a fortaleza moral de espíritos valorosos, como padre Damiano, movimentam a história de nossos personagens ...

Respeitada a narrativa singular do Espírito Emmanuel, o livro de Francisco Cândido Xavier recebe a adaptação de Ívia Corneli para o teatro, retratando com rara beleza e emoção o drama de corações enlaçados por programações pregressas em favor de esforços remissores, numa sucessão de fatos que exigiram o exercício da coragem, da perseverança e da conduta reta e digna.

A história de Alcione, segundo Emmanuel, é uma história “de sentimento, para quem aprecie a experiência humana através do coração”.

Reconforta-nos seguir a trajetória desse coração, que nunca foi encontrado “em desatenção aos desígnios de Deus." Seus exemplos de amor, renúncia e fidelidade aos compromissos assumidos demonstram que a Terra é escola sublime em que nossas experiências se convertem em patrimônio para a vida imortal quando vivenciadas sob a tutela da moral cristã.

Este é um espetáculo que fala aos corações sobre o “otimismo, a confiança, a dedicação e todas as energias que o amor procura despertar no âmago das consciências”, conduzindo a reflexões acerca dos valores essenciais à formação do Homem, num clima de emoção e de fé.

Direitos autorais

A Federação Espírita Brasileira, detentora dos direitos autorais, licenciou para a Fundação Caminho, Verdade e Vida, e para a diretora do espetáculo, Berenice Neide Brandão Andrade, a reprodução, utilização e adaptação, para teatro, da referida obra.

Fotos do Espetáculo





















Informações técnicas sobre as peças teatrais


Equipe Técnica

Áudio:
Fátima Fernandes da Silva

Imagens:
Mariângela A. Duarte e equipe

Iluminação:
Manuela Duarte Almeida Pinto

Efeitos especiais:
Allan de Almeida Vigiano

Montagem cênica:
Jésu de Freitas Andrade e equipe

Cenários:
Rosane Girundi e equipe


Ficha Técnica

Direção Geral:
Berenice Neide Brandão Andrade

Elenco:
Voluntários da Fundação Caminho, Verdade e Vida

Figurino:
Marina de Souza Bernardes e equipe

Coreografia:
Riviani Valentim Padrão e equipe


Equipamentos necessários

Projetor Multimídia (data show 1500 a 2000 ansi lumens, com recurso de zoom)
DVD player
Equipamento de som (mesa de 16 canais, 2 microfones sem fio, 6 a 8 microfones de palco, 3 aparelhos de CD player, 4 caixas de som e 2 caixas de retorno)
Equipamento de iluminação (mesa de luz e 13 canhões: 4 brancos, 4 âmbar, 3 azuis e 2 vermelhos)


Disponibilização do espaço

Devido ao porte do cenário e ao grande número de atores, figurantes, e equipe técnica, necessitamos de um local que possua amplo espaço para circulação (bastidores), bem como para troca de figurinos (camarins).

É necessária a disponibilização do espaço com 8 (oito) horas de antecedência ao início do espetáculo, para a montagem de cenário, marcação de palco e preparação dos atores.


Informações adicionais

Direção:
Berenice Neide Brandão Andrade
Rua José Baroni, 135
Bairro Santa Efigênia – Belo Horizonte
Telefone: (031) 3482-3491 e (031) 9958-5061

Produtores:
Mariângela de Almeida Duarte
Rua Manoel João Diniz Camargos, 486
Bairro Alvorada – Contagem – MG
Telefones: (031) 3398-8618 e (031) 8876-8618
e-mail: mariangeladuarte@terra.com.br

Mércia Rocha Diniz Sander
Rua José Sérgio de Paula, 155
Bairro Fernão Dias – Belo Horizonte – MG
Telefones: (031) 3486-2744 e (031) 9123-7152
e-mail: melsanderbh@yahoo.com.br


Divulgação
Nossos espetáculos possuem material de divulgação próprio que deverá ser solicitado aos produtores.

Coral de Emmanuel





O Coral de Emmanuel, atualmente composto por 70 coralistas, foi criado em dezembro de 1995 e seu objetivo é alegrar corações, através de canções requintadas que traduzem fé, esperança, alegria, amor ao Brasil, romantismo e conforto nas horas difíceis.

As apresentações do Coral, assim como das peças teatrais, são exclusivamente gratuitas.


Repertório

As canções, recebidas através de processo mediúnico, por Berenice N. Brandão Andrade, são executadas com indizível emoção. Falam do Maior Mestre da Humanidade, Jesus de Nazaré e de amores eternos, com um romantismo inigualável.

Há, ainda, as músicas que enaltecem a Pátria Brasileira, o "Coração do Mundo", onde convivem todas as raças, crenças e ideologias, num clima de paz e de fraternidade. Em homenagem ao Brasil, celeiro do mundo, que exporta para todas as nações do planeta, não somente boas safras, minérios, ciência e arte, mas, acima de tudo, um jeito humano de se caminhar pela Terra, uma postura verdadeira de se proceder em uma negociação, uma forma pacífica e tolerante de se tratar questões e solucionar as dificuldades dos povos, o Coral de Emmanuel canta, também, o Hino Nacional, com um arranjo belíssimo, que encanta a todos os que o ouvem.


Apresentações

O Coral de Emmanuel participou, como convidado, em inúmeros eventos. Dentre eles, citamos:

• I Seminário Jurídico, em que foi apresentada a Cartilha de Direitos Humanos e Seminário Interdisciplinar "Ser profissional: o ser humano no foco do processo", ambos promovidos pela Universidade Salgado de Oliveira, em Belo Horizonte (MG);

• Primeiro Seminário Nacional "A Responsabilidade Social no Comércio e Serviços – Fator de Competitividade e Sucesso para o seu Negócio", promovido pela Fundação CDL - Pró Criança, em Belo Horizonte (MG);

• Apresentações beneficentes nos seguinte locais:
— Hospital da Baleia, em Belo Horizonte (MG);
— Núcleo Assistencial Caminhos Para Jesus, em Belo Horizonte (MG);
— Núcleo Assistencial Novo Céu, em Contagem (MG);
— Hospital Psiquiátrico, em Goiânia (GO);
— Clínica Mantiqueira (MG);
— Clínica Pinel, em Belo Horizonte (MG);
— Laboratório São Marcos, em Belo Horizonte (MG);
— Casa de Cultura, em Betim (MG);
— Câmara Municipal de Betim (MG);
— Palácio de Cristal em Petrópolis (RJ);
— Sesi, em Guarapari (ES), entre outros.

• Inauguração de escultura, em praça pública e abertura da II Semana Espírita Chico Xavier, na cidade de Pedro Leopoldo (MG);

• Encontros de corais;

• Eventos promovidos pela Brigada Militar;

• Formaturas acadêmicas;

• Programa "Brasil das Gerais", da Rede Minas de Televisão.

O Coral integra, ainda, o elenco de três peças teatrais: "Lírios de Afeição" , "Minha Casa Além da Terra – Nosso Lar" e "Há 2000 anos...".


Fotos do Coral de Emmanuel


Participação na peça teatral “Lírios de Afeição”



Participação na peça teatral “Minha Casa Além da Terra – Nosso Lar”



Participação na peça teatral “Há 2000 anos...”



Coral de Emmanuel no Jardim da Fundação Caminho, Verdade e Vida



Apresentação no Palácio de Cristal em Petrópolis (RJ)


(Veja nossa AGENDA clicando em "Postagens mais antigas" abaixo)